Pagamentos aos Setores Agroflorestal e das Pescas atingiram cerca de 1,5 mil milhões de euros no ano de 2022

Publicado em: 29 Dezembro 2022 |

Em 2022, o Ministério da Agricultura e da Alimentação, através do Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, I.P. (IFAP), procedeu a pagamentos aos setores agroflorestal e das pescas num montante total de cerca de 1,5 mil milhões de euros.

No âmbito do Fundo Europeu Agrícola de Garantia (FEAGA), foram realizados pagamentos num montante global de 798,4 M€, destes, destaque para o Regime de Pagamentos Base no valor de 242,3 M€, bem como para o Pagamento por Práticas Agrícolas Benéficas para o Ambiente e para o Clima (Greening) no montante de 199,2 M€.

Também a salientar, no contexto do Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER), onde foi efetuado um pagamento de 630,4 M€ no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR2020), dos quais 220 M€ são referentes as medidas agroambientais, 150 M€ a manutenção da atividade agrícola em zona desfavorecida e 233,3 M€ relativos à execução das medidas de investimento.

Já no âmbito do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (FEAMP), foram realizados em 2022 pagamentos num montante de 65 M€ para o Setor das Pescas e da Aquicultura, no âmbito do programa MAR2020.

Estes apoios refletem o compromisso do Governo, na prossecução das políticas públicas para os setores agroflorestal e das pescas, contribuindo para a melhoria do rendimento dos seus profissionais e para a modernização destas importantes atividades para a economia nacional. É também um sinal claro do compromisso assumido pelo Ministério da Agricultura e da Alimentação para a sustentabilidade ambiental e para a soberania alimentar de Portugal.
 

Data de atualização: 29 Dezembro 2022 18:30